Mostrando postagens com marcador Uma Incrível. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Uma Incrível. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Uma Incrível Demonstração em vídeo que a "TERRA É PLANA" Assista e tire suas Conclusões

"Terra Plana": o que diz quem acredita que o mundo não é redondo?

ARTUR BALYTSKYI/SHUTTERSTOCK

A mais antiga explicação para a forma do nosso planeta diz que a Terra seria circular e achatada, e não redonda. Em torno dela, girariam todos os elementos que vemos no céu, como a Lua, os planetas, o Sol e as outras estrelas - e não o contrário, a Terra girando ao redor do Sol, como é aceito hoje.

Até o século 16, essa ainda era a teoria majoritariamente aceita no mundo ocidental. Isso só mudou quando, em 1521, Fernão de Magalhães atravessou o Oceano Pacífico e chegou à costa oriental da Ásia. A viagem se completou em paralelo ao momento histórico no qual Nicolau Copérnico defendeu sua tese de que a Terra não só seria redonda, como também giraria em torno do Sol, em 1543. Posteriormente, Galileu Galileu e Johannes Kepler reforçariam a tese.

Ao longo dos séculos seguintes, toda a ciência passou a trabalhar com a hipótese de que a Terra é um globo. No século 20, a hipótese se tornou certeza na comunidade científica: a ida do homem ao espaço e das fotos capturadas da Terra não deixam mais dúvidas sobre seu formato e sua posição no universo.

Mas, hoje, existe uma nova tese que retoma a ideia de que a Terra é plana. Segundo essa hipótese, o globo terrestre como conhecemos hoje é uma farsa. Na verdade, a Terra não é sequer um globo, mas um corpo celeste achatado e plano, coberto por uma redoma. Isto é o que defendem os adeptos da teoria da "Terra Plana".
Logo da ONU mostra claramente o que eles realmente sabem?

"Terra Plana": como ressurgiu a tese?
Apesar de já ser bastante antiga, nas últimas duas décadas, a tese de que a terra é plana e não redonda voltou à tona. Os “terraplanistas” dizem já serem milhões de adeptos espalhados pelo mundo. Fundada pelo astrônomo inglês Samuel Shenton em 1956, a Flat Earth Society, a mais importante agência do tema, passou anos sem atividade. Isto até 2004, quando foi reativada.

A teoria se baseia em alguns pilares principais. O globo terrestre seria então uma espécie de pizza (outras teses acreditam que, na realidade, é um cone) recoberta de um domo, semelhante àquilo que a ciência tradicional chama de atmosfera. Dessa forma, a Terra é o centro do universo, no qual o Sol e os outros astros giram ao redor.

Isto implica em diversos outros problemas para conceitos estabelecidos pela ciência. Caso da gravidade, considerada pelos terraplanistas como uma teoria falsa. A água da Terra, por exemplo, se encontraria nivelada sobre a plataforma achatada, de modo a se equilibrar sem cair. Nas extremidades, onde o Sol pouco aquece, ela congela uma grande parede de geleiras.

O que diz quem acredita que a Terra é plana
No Brasil, a página “A Terra é plana” tem 67 mil seguidores, é a maior do mundo sobre o tema. O criador da página, conhecido na comunidade terraplanista como Samuel Trovão (ele não revela seu nome por motivos de segurança), concedeu entrevista ao Vix para esclarecer alguns pontos da controversa tese:
THE FLAT EARTH SOCIETY

Como esta teoria voltou a ser relevante diante das teses majoritárias de que o planeta é redondo?
Todas as cosmologias antigas descrevem uma Terra plana, estacionária e coberta com um domo, ou Firmamento, como é chamado na Bíblia. Sumérios, egípcios, incas, maias, gregos, romanos, chineses, nórdicos, hindus, todos sabiam disso, exceto algumas pessoas que acreditavam na teoria global, como no caso de Eratóstenes e Pitágoras, mas eles eram minoria. Então, podemos concluir que a teoria da Terra plana tem muito mais de 10 anos. Esse conhecimento tem mais de 6 mil anos! Ela retomou seu sentido após 15 anos de estudos a respeito, no meu caso, quando cheguei à conclusão que, de fato, essas culturas antigas tinham o verdadeiro conhecimento sobre nosso universo.

Como vocês começaram a desenvolver suas pesquisas? De onde surgiu a motivação para estudar a questão da Terra Plana e como isso se dá no Brasil?
As pesquisas começaram de forma independente após concluir que as teorias que sustentam o globo nunca foram devidamente validadas dentro do método científico, que afirma que fenômenos precisam ser observados, mensurados e reproduzidos. Heliocentrismo nunca foi objetivamente observado ou reproduzido. A motivação é a verdade. Hoje, no Brasil, estamos em milhares. A página no Facebook "A Terra é plana" tem mais de 66 mil seguidores e outros canais no YouTube que falam sobre isso tem entre 2-30 mil inscritos. Mundialmente, estamos nos milhões de adeptos.

Quais são os argumentos centrais da teoria?
a) O movimento da Terra nunca foi provado. A Teoria da Relatividade foi inventada para tentar solucionar esse "problema". Conclusão: uma teoria sem validação e que depende de pressupostos não é prova do fato e, por isso, podemos concluir que não estamos realmente em movimento. Movimento só é útil para descrever fenômenos nunca observados objetivamente.

b) Água nunca foi observada se moldar ao redor de uma esfera ou ao formato externo de qualquer objeto sólido. Conclusão: água não se comporta assim, logo água não pode fixar em uma esfera. Gravidade é apenas uma teoria que busca justificar outra teoria, a teoria do globo. Na nossa Terra plana, dispensa-se teorias porque água é nível e todos podem observar e reproduzir isso. Se 70% da Terra é água e água não pode se moldar ao redor de uma esfera, a conclusão lógica é que água não pode fazer isso pois a física natural da água não permite.

c) Não existem imagens reais do globo do espaço. Todas as "fotos" do globo são apenas várias imagens moldadas ao redor de uma esfera. A Nasa admite isso.
Vocês afirmam que estão bastante baseados na observação de que a superfície do planeta é plana e que a teoria predominante de terra esférica é baseada em fotos falsas e estudos forjados.

 
Provar um negativo é uma falácia, primeiro de tudo. É preciso provar que algo é verdadeiro e ninguém (que não seja um astronauta maçom) pode ir até o espaço e tirar uma foto e comparar com imagens da NASA para validar a questão. Confiança em autoridades é fé, não ciência. Ciência que não pode ser validada é filosofia e dogma.

Há espaço para esta hipótese na ciência formal?
Sim. Temos geofísicos e físicos com doutorados ou em processo de conclusão de doutorados que já assumiram o fato de que a Terra é plana. Pessoas que assumiram abertamente a Terra plana já sofreram retaliações por parte das instituições por irem contra o paradigma atual e por isso muitos ficam intimidados para não se manifestarem. Isso gera consequências financeiras e ninguém quer ficar desempregado. Ciência atual só reconhece quem é a favor do consenso. O debate nunca deixou de existir, ele foi ignorado e/ou censurado. Temos um acervo de mais de 20 livros com provas da Terra plana que nunca entraram em escolas por causa de censura.

Qual interesse da ciência majoritária e de agências como a Nasa em manter uma teoria falsa?
Nossos olhos e ouvidos nos dizem que a Terra é plana e imóvel e tudo no céu gira em torno de nós. Quando deixamos de acreditar nos nossos próprios olhos e experiência própria, temos de nos prostrar aos pés dos pseudo-cientistas e tratá-los como especialistas, temos de submeter a razão, a lógica e os nossos sentidos a pseudo-teorias que estão nos cegando através de sacerdotes astronômicos que tem conhecimento "especial". Só eles podem acessar instrumentos exclusivos como o telescópio Hubble, impedindo assim qualquer outro ser humano que questione as suas fantasias de verificar a validade de seus experimentos. Então fizeram uma lavagem cerebral gigantesca.

A Terra plana sendo o centro do universo do qual tudo e os céus giram, dá especial importância e significado não só para Terra, mas para nós, seres humanos, o projeto mais inteligente do Projetista [Deus]. Ao transformar a Terra em algo que gira, lançada em torno do Sol, atirado no meio do espaço infinito de um Big Bang ateísta, eles tornaram a humanidade em algo sem sentido, aleatório, um acidente sem propósito de um universo cego, mudo e burro. É como se fosse controle mental baseado em trauma. Estão espancando a divindade de nós com as suas manipulações mentais.

Qual é a vantagem para estes grupos ou para a humanidade em geral em reiteradamente produzirem e divulgarem estudos e imagens falsas?
As pessoas estão sempre perguntando "por que eles fazem isso?" O motivo óbvio gira em torno de margens de lucro. A Nasa é o maior buraco negro de investimentos, seu maior orçamento recebeu mais de US$ 30 bilhões dos contribuintes para fabricar uma aterrissagem falsa na lua. Hoje em dia, são quase 20 bilhões de dólares por ano. E não apenas a Nasa, mas a Roscomos (agência russa) e todas as outras organizações espaciais falsas em todo o mundo que fornecem imagens geradas por computador que custam centenas de bilhões de dólares.

E do ponto de vista filosófico e científico?
E também esta ideia do moderno Big Bang ateísta heliocêntrico. Com a evolução baseada no acaso, o paradigma controla espiritualmente a humanidade através da remoção de Deus ou qualquer tipo de design inteligente da mente e substitui a criação divina proposital com coincidência cósmica aleatória. E assim, removendo a Terra do centro imóvel do universo, esses líderes da ciência nos removeram fisicamente e metafisicamente de um lugar de suprema importância para um de indiferença niilista completa. Se a Terra é o centro do Universo, as ideias de criação, Deus e o propósito para a existência humana são resplandecentes. Mas se a Terra é apenas um dos milhares de milhões de planetas girando em torno de bilhões de estrelas e bilhões de galáxias, as ideias das criações de Deus e uma finalidade específica da Terra para a existência humana tornam-se altamente implausíveis e insignificantes.

Então por sub-repticiamente doutrinando-nos em sua adoração solar científica e materialista, não só perdemos a fé no que há além do material. Ganhamos fé absoluta na materialidade, na superficialidade, no egoísmo, no hedonismo e no consumismo. Se não há Deus e todo mundo é apenas um acidente, então tudo o que importa é o “eu” apenas.
Há uma tradição de autores importantes ao longo de séculos que mantém a teoria da Terra global. 
O que explica?

A maçonaria tem um papel fundamental na teoria global. Copérnico, Newton, Pitágoras, Galileu, Kepler e praticamente todos os astronautas são maçons. A alta cúpula maçonica adora Lúcifer, como confessado por Albert Pike, uma das figuras mais influentes da maçonaria. A teoria global é a versão falsa da criação que foi inventada por ninguém mais que Lúcifer. Maçons dos altos graus sabem que a Terra é plana, mas ensinam o contrário justamente para nos induzir a uma espécie de iniciação e adoração ao mesmo Deus que eles veneram, pois está escrito na Bíblia que o objetivo mais importante do inimigo de Deus é ser adorado como Deus. Dessa forma, ele conseguiu, mesmo que subconscientemente.

A compartimentalização permite que uma teoria seja amplamente divulgada sem precisar envolver milhões ou bilhões de pessoas, então é possível criar uma mentira gigante sem envolver muitas pessoas. A maioria das pessoas que trabalham em agência espaciais estão apenas fazendo o trabalho delas. Elas não precisam saber que estão vivendo uma mentira maior, da mesma forma que uma secretária não precisa saber o que o chefe da empresa faz para que ela consiga atender telefone e marcar reuniões.
Mais um post by: OVNI DAY

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

                                              Fonte:AsiSomos