Mostrando postagens com marcador existência. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador existência. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Rússia confirma existência de arma que transforma pessoas em zumbis

Confirmação veio do presidente do país, Vladimir Putin. Arma futurista atinge o sistema nervoso central das vítimas
Você acredita em zumbis? Não? Então prepare-se para a notícia a seguir: de acordo com o jornal Herald Sun, a Rússia estaria testando uma arma psicotrônica capaz de controlar a mente das pessoas. A afirmação foi feita pelo próprio presidente do país, Vladimir Putin.
A arma futurista, que atinge o sistema nervoso central das vítimas, está sendo desenvolvida por cientistas e poderá ser usada contra nações inimigas e até mesmo dissidentes políticos que enfrentam o atual governo.

Putin descreveu a arma como um instrumento novo que pode servir para atingir objetivos políticos e estratégicos. Até mesmo alguns detalhes da "controladora de mente" foram divulgados. O que se sabe é que ela, por exemplo, dispara uma radiação eletromagnética de maneira semelhante aos fornos de micro-ondas, causando um grande desconforto em suas vítimas.

O ministro da defesa Anatoly Serdyukov disse que, em testes recentes, a arma foi usada para dispersar multidões. De acordo com relatos, a pessoa que recebeu a radiação da arma sentiu que a temperatura do corpo aumentou rapidamente. Apesar de alguns segredos de funcionamento não terem sido divulgados, o jornal alega saber do fato de que ondas de baixa frequência podem afetar células do cérebro, alterar o estado psicológico e até mesmo transmitir sugestões e comandos para o pensamento de alguém, como se fosse telepatia.

Talvez, a partir de agora, seja melhor você pensar muito bem na possibilidade de um apocalipse zumbi. Resta saber se eles serão os famosos comedores de cérebros, retratados constantemente nas telas do cinema.
Mais um post by: OVNI DAY

quinta-feira, 27 de julho de 2017

BRASIL - Veja relatos de Gaúchos que Afirmam ter feito Contato com Extraterrestres

Casos de abdução foram relatados em diversas cidades do interior do RS.
Estudiosos da ufologia descreveram ao menos 80 raças de extraterrestres.
Existe vida inteligente em outros planetas? Ao longo dos anos, muitas pessoas já fizeram essa pergunta, mas até hoje ninguém conseguiu respondê-la de forma convincente. Não faltam, porém, pessoas que afirmam ter certeza de que extraterrestres já estão entre nós, inclusive gaúchos que afirmam já terem tido contato com eles, como mostra a reportagem do Teledomingo (veja o vídeo).
Há muito tempo o possível contato de humanos com seres de outras galáxias é motivo de curiosidade. Os mistérios do universo têm alimentado inúmeras histórias de ficção em filmes, livros e outras formas de expressão. E atraído muitos estudiosos ligados à ufologia, que garantem haver indícios fortes da presença ou existência de extraterrestres.
O Museu de Ufologia de Itaara, na Região Central do estado, é considerado o único na América Latina onde a ufologia tem espaço ao lado da ciência. Mas nem lá, as certezas predominam. “Esse museu não tem a finalidade de provar a existência ou não de extraterrestres. Aqui nós simplesmente contamos a história e guardamos esta história para o nosso visitante, quando está junto com a gente”, diz Hernán Mostajo, diretor do museu. 
Museu de ufologia fica em Itaara, na Região Central
do estado (Foto: Reprodução/RBS TV)

O pesquisador paulista Leonardo Martins também ouve muitas dessas histórias. “Todo tipo de pessoas relatam essas experiências. Então, você vai encontrar desde pessoas mais simples, analfabetas, de nível de escolaridade muito baixo, até pessoas com altíssima escolaridade e nível socioeconômico elevado”, diz o mestre em psicologia pela Universidade de São Paulo (USP).
Leonardo esteve em Porto Alegre neste mês para o Encontro Gaúcho de Ufologia e diz que os relatos são sempre curiosos. Variam desde a visão de luzes distantes até situações onde a pessoa dá detalhes de naves ou de seres que deixaram marcas no solo. Quem não lembra do filme “Sinais”, onde um ser estranho aparece em uma  festa infantil, em Passo Fundo?
Bem perto da cidade do Norte gaúcho, em Sarandi, a lembrança dos moradores é bem mais real. Trata-se do caso Artur Berlett, o tratorista que no dia 14 de maio de 1958 diz ter sido levado num disco voador e só voltou 11 dias depois. “Foi um dos casos que chamou muita atenção dentro da ufologia nacional e internacional”, diz o coordenador do Movimento Gaúcho de Ufologia, Carlos Odoni da Costa Nunes.
Segundo os relatos do tratorista, ele foi levado a um planeta chamado Acart, a 65 milhões de quilômetros da Terra. A viagem teria durado 38 horas. Lá, ele teria ficado em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. Os "acartianos" teriam ainda um tipo físico semelhante aos humanos e se comunicavam com ele no idioma alemão, contou o tratorista.
O caso da abdução em Sarandi ficou conhecido no mundo inteiro. Depois dele, outros, semelhantes, reais ou não, foram relatados em vários lugares, incluindo o Rio Grande do Sul. De lá para cá os estudiosos da ufologia já descreveram pelo menos 80 raças de extraterrestres e dizem que, a cada dia, três naves são vistas em pontos diferentes do planeta.
Duas delas, Odoni garante ter visto no Jardim Botânico de Porto Alegre, há 14 anos. “Ele vinha em um movimento muito semelhante como se fosse um satélite. Quando ele parou, se viu um segundo objeto de aproximando do primeiro. Quando aquele segundo ficou bem próximo, o primeiro fez uma manobra e os dois retornaram exatamente percorrendo a mesma trajetória que eu acompanhei do primeiro”, relata o ufólogo.
Dois amigos teriam tido um contato ainda mais intenso com extraterrestres e mostram registros de supostos seres. Benhur de Oliveira Costa, que é tenente-coronel aposentado da Brigada Militar, conta que uma noite teve uma intuição muito forte, que o fez sair para o pátio de casa na Zona Sul da capital e tirar várias fotos. O objeto que apareceu, para ele, é uma sonda, usada pelos ETs para fazer pesquisas na terra. “O que eu não consigo explicar é esse momento de intuição, sabe? A partir de 2009, isso tem acontecido comigo em alguns momentos”, conta.
O bailarino Paulo Mirandola da Silva também mostra fotos que tirou com uma câmera adaptada em Itapuã, no limite com o município de Viamão, na Região Metropolitana. “Eu achei que os seres extraterrestres ou os OVNIs já estariam por aqui, mas nossos olhos biológicos são extremamente limitados”, diz ele, ao mostrar imagens de supostos extraterrestres que registrou com a câmera adaptada. “Essa aqui eu enxergo uma espinha dorsal que passou, um ser, vamos dizer assim, que passou na frente da câmera e a câmera só registrou a espinha dorsal”, conta.
Se alguns extraterrestres tentariam se esconder, outros estariam fazendo questão de se comunicar. É o que dizem os ufólogos que acreditam no ser que se apresenta como Ashtar Sheran e manda mensagens que seriam recebidas pela intuição de médiuns.
“As pessoas dizem que ele é um ser comandante de uma frota imensa de naves. Que ele teria carne e osso, seria uma entidade física mesmo. Eu conheço um grupo de contatados que dizem que Ashtar Sheram nem é um ser, é um posto de comando e que há vários Ashtar Sheram. Independente de haver ou não algo lá, o que a gente pode dizer, no mínimo, é que Ashtar Sheram é um produto do nosso tempo”, diz Leonardo Martins. 
Vídeos, fotos, relatos. Verdade? Imaginação? Não se sabe. Mas é certo que várias pessoas ainda buscam responder a pergunta que muitos já fizeram. “A questão da existência da vida fora da terra é quase uma unanimidade até entre os astrônomos. Com a quantidade de galáxias, de planetas e estrelas em cada uma, a probabilidade de vida fora da terra é imensa”, acredita Leonardo.
“Compete à ciência não dar as costas e investigar, mesmo que haja um descrédito muito grande”, afirma Carlos Odoni. “Seria muita prepotência do ser humano imaginar que está sozinho no universo”, conclui Benhur.
Mais um post by: OVNI DAY

                                          Veja o Vídeo Abaixo:


                                    Fonte:Antonio Carlos Albuquerque Diniz

domingo, 23 de julho de 2017

Vaticano fala Sobre a Existência dos Extraterrestres e não afeta a Crença em DEUS

Vaticano admite que pode haver vida fora da Terra

Diretor de observatório da Santa Sé diz que não se pode limitar ação criadora de Deus.

O diretor do observatório astronômico do Vaticano, padre José Gabriel Funes, afirmou que Deus pode ter criado seres inteligentes em outros planetas do mesmo jeito como criou o universo e os homens.

"Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus", disse o diretor do observatório conhecido como Specola Vaticana.

"Isso não contradiz nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus", acrescentou Funes, em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa da Santa Sé.

Na entrevista ao jornal do papa, o padre Funes, jesuíta argentino de 45 anos de idade, cita São Francisco ao dizer que possíveis habitantes de outros planetas devem ser considerados como nossos irmãos.

"Para citar São Francisco, se consideramos as criaturas terrestres como 'irmão' e 'irmã', por que não poderemos falar também de um 'irmão extraterrestre'?", pergunta o padre. "Ele também faria parte da criação."


Perspectiva
Na opinião do astrônomo do Vaticano, podem haver seres semelhantes a nós ou até mais evoluídos em outros planetas, ainda que não haja provas da existência deles.

"É possível que existam. O universo é formado por 100 bilhões de galáxias, cada uma composta de 100 bilhões de estrelas, muitas delas ou quase todas poderiam ter planetas", afirmou Funes.

"Como podemos excluir que a vida tenha se desenvolvido também em outro lugar?", acrescentou. "Há um ramo da astronomia, a astrobiologia, que estuda justamente este aspecto e fez muitos progressos nos últimos anos."

Segundo o cientista, estudar o universo não afasta, mas aproxima de Deus porque abre o coração e a mente e ajuda a colocar a vida das pessoas na "perspectiva certa".

Padre Funes diz ainda que teorias como a do Big Bang e a do evolucionismo de Darwin, que explicam o nascimento do universo e da vida na Terra sem fazer relação com a existência de Deus, não se chocam com a visão da Igreja.

"Como astrônomo, eu continuo a acreditar que Deus seja o criador do universo e que nós não somos o produto do acaso, mas filhos de um pai bom", afirma.

"Observando as estrelas, emerge claramente um processo evolutivo, e este é um dado cientifico, mas não vejo nisso uma contradição com a fé em Deus."

Ateísmo
Na visão do religioso, estudar astronomia não leva necessariamente ao ateísmo.

"É uma lenda achar que a astronomia favoreça uma visão atéia do mundo", disse o padre. "Nosso trabalho demonstra que é possível fazer ciência seriamente e acreditar em Deus. A Igreja deixou sua marca na história da astronomia."

Diretor da Specola Vaticana desde 2006, padre Funes lembrou na entrevista que astrônomos do Vaticano fizeram importantes descobertas como o "raio verde", o rebaixamento de Plutão e trabalhos em parceria com a Nasa, por meio do centro astronômico do Vaticano em Tucson, nos Estados Unidos.

A sede do observatório do Vaticano se localiza em Castelgandolfo, cidade próxima de Roma, onde fica situado o palácio de verão do papa, desde 1935.

O interesse dos pontífices pela astronomia surgiu com o papa Gregório 13, que promoveu a reforma do calendário em 1582, dividindo o ano em 365 dias e 12 meses e introduzindo os anos bissextos.
Fonte
Mais um post by: OVNI DAY

                                                 Veja o Vídeo Abaixo:

                                            Fonte:E Se For VERDADE?

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Ex Trabalhador da NASA Revela a Existência de Estruturas Extraterrestres na Lua

Um antigo técnico em aviação que trabalhou em vários projetos da NASA durante as missões Apollo revelou sua coleção pessoal de fotografias lunar, que ele afirma revelar a existência de bases extraterrestres na lua.
Ken Johnson coletou as imagens que os astronautas haviam tomado durante as missões Apollo depois de terem sido ordenadas pela NASA para destruí-las e desde então revelou sua coleção ao público.
Nas imagens mais recentemente lançadas, uma série de pontos brilhantes aparentemente inteligentes podem ser vistos na superfície lunar, parecido com fontes de luz artificiais. Muitos acreditam que isso seja uma prova irrefutável da existência de bases extraterrestres na lua. Isso é longe da primeira vez que formas estranhas foram vistas na superfície lunar. Nas imagens divulgadas pela NASA o que parece estruturas e até figuras foram detectadas nos últimos anos, com a maioria simplesmente explicada como formações aleatórias na superfície lunar. Da mesma forma, um grande número de ex-funcionários do governo e da NASA vem recentemente anunciando que eles têm evidências ou pelo menos, acreditam que os extraterrestres existem e estão interagindo com agências governamentais por algum tempo. Até agora, as evidências físicas faltam e claro as filmagens fotográficas ou de vídeo sempre podem ser encenadas, explicadas como fenômenos naturais ou desacreditadas, independentemente do que parece mostrar. Alegadamente a NASA também tem medido imagens lunares há anos para aerografar qualquer prova de habitação alienígena, escondendo com sucesso a presença de ets do público por décadas e desacreditando qualquer um que afirma ter provas em contrário. As imagens lançadas por Johnson parecem mostrar que se assemelham a estações de energia de pilhas de fumaça a um enorme radar. Um dos problemas com essa ideia é que além de fins de observação a lua parece ter pouco para oferecer aos alienígenas. Não há benefícios aparentes de mover a indústria pesada para a lua e as estruturas de grande escala, como plantas de energia ou pratos de radar, não seriam necessários. Além disso o que podemos reconhecer como sendo semelhante aos projetos encontrados na Terra quase certamente não parecerá nada como desenhos alienígenas mesmo para estruturas que executem a mesma função. Além disso, atualmente existem milhares de imagens da superfície lunar produzidas pelo público em vez de agências governamentais a cada ano. À medida que o preço dos telescópios e tecnologia fotográfica mais avançados diminuiu ao longo dos anos a facilidade com que o público pode ver e produzir imagens de alta definição da lua aumentou. Isso sugere que as imagens não mostram nada mais do que formas formadas naturalmente, ou que as bases alienígenas estão bem camufladas ou possivelmente até móveis, o que significa que, uma vez fotografadas, elas seriam impossíveis de se encontrar novamente. Uma tecnologia extraterrena suficiente também permitiria que os alienígenas vivessem sob a superfície da lua e não nas bases identificáveis ​​a partir das imagens da superfície.
Mais um post by: OVNI DAY

                                              Veja o Vídeo Abaixo:



                                                  Fonte:Helium 24

sábado, 10 de junho de 2017

REVELAÇÕES: 5 Astronautas que Afirmaram a Existência de Aliens!!

A discussão sobre a existência dos alienígenas é um tema recorrente.
A curiosidade, a ansiedade e o medo estimulam a imaginação e a criatividade das pessoas, que seguem sem saber ao certo se há vida inteligente fora da Terra, se estamos sozinhos no universo.
A ciência afirma que sim, há vida inteligente fora da terra, estatisticamente.
As religiões não chegam a um consenso a respeito.
De toda forma, há pessoas que confirmam a existência desses seres, botando lenha na fogueira de teorias de conspiração e segredos obscuros.
Mais um post by: OVNI DAY

                                             Veja o Vídeo Abaixo:


                                             Fonte:Fatos Desconhecidos

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Putin pode se tornar o primeiro líder a reconhecer a existência de Extraterrestres e OVNIs

Enquanto o que quer que seja que esteja acontecendo entre Washington e Moscou está envolto em segredo e intriga, um homem proclama abertamente ao mundo que ele está conversando com autoridades russas que eventualmente podem levar o presidente russo Vladimir Putin a se tornar o primeiro chefe de estado a Reconhecer publicamente a existência de OVNIs e extraterrestres. Espere o que?
O homem é Stephen Bassett, diretor executivo do Paridigm Research Group International (PRG) e o primeiro lobbyista de divulgação de ET e UFO nos EUA. Na sua missão de acabar com a suposta supressão governamental da verdade sobre contato extraterrestre, Bassett revelou esta semana que ele Passou a semana de 3 de maio a 10 de maio na reunião de Moscou com ex-militares soviéticos e russos e funcionários da agência que agora estão envolvidos no movimento de divulgação desse país.

Parte da reunião foi uma entrevista de Bassett para um documentário. O site PRG detalha o que foi discutido:
Durante a entrevista, que será transmitida em russo em agosto, Bassett discutiu várias considerações que levariam o presidente russo, Vladimir Putin, a fazer o primeiro reconhecimento formal de um chefe de Estado em relação a uma presença extraterrestre envolvendo a raça humana. O PRG acredita que esta pode ser a primeira vez que alguém faz esse argumento na mídia russa dentro ou fora da Rússia.
Bassett e PRG trabalharam durante a recente eleição presidencial com a candidata Hillary Clinton e seu gerente de campanha, John Podesta, para abrir arquivos do UFO do governo dos EUA - uma ação que ambos prometeu prosseguir. Com a perda de Clinton, Bassett desistiu da administração atual e decidiu dedicar sua atenção a Vladimir Putin?
Enquanto os seres humanos continuaram a se destruir e à biosfera em que vivem, há uma galáxia cheia de vida à espera de se engajar. A realidade extraterrestre transcende a política, a religião, a raça e a guerra. O embargo sobre esta verdade não conseguiu senão adiar o avanço da civilização humana. Qualquer número de chefes de estado pode acabar com esse embargo a qualquer momento e pode chegar em breve.
Stephen Bassett

Esse não é o tipo de declaração que faria Bassett para a atual administração dos EUA, especialmente sua referência aos humanos destruindo a biosfera. Ele realmente acha que o antigo agente da KGB, Vladimir Putin, mudará de roubar segredos para revelá-los?
O que os detentores do embargo de verdade falham ou se recusam a perceber é que um mundo pós-divulgação poderia ser a ponte entre os EUA, a China e a Rússia que permitiria os realinhamentos geopolíticos necessários, estabelecendo um novo curso longe das economias de guerra aparentemente permanentes que desperdiçavam Recursos e manter o mundo sempre à beira.
Parece mais que Bassett está assustadoramente começando uma competição entre os líderes dos EUA, Rússia e China na tentativa de estimular a primeira a ser a primeira.
Qual parece ser o mais sensível à concorrência ao incitar? Teremos que esperar até agosto para descobrir?
Fonte
Mais um post by: OVNI DAY

                                           Veja o Vídeo Abaixo:



                                          Fonte:UFOmania - The truth is out there