Mostrando postagens com marcador fim dos tempos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fim dos tempos. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Fim dos Tempos: Rabino descobre código secreto na bíblia que diz a data exata da volta de Jesus

Um código secreto na Bíblia revelou quando seria a segunda vinda de Jesus Cristo à Terra

A Bíblia é o livro mais lido de todos os tempos e aquele que foi traduzido para as mais diversas línguas; o que contém em suas páginas é a história viva do nosso mundo.

O Antigo Testamento é mais focado para os profetas e pessoas que tiveram contacto com Deus, enquanto o Novo Testamento refere-se principalmente às andanças de Jesus Cristo no mundo de vivos. Parece que a Bíblia contém em si vários códigos escondidos, que estão a ser decifrados.

Um dos principais especialistas sobre o assunto é o rabino Matityahu Glazerson, lançou aos meios de comunicação uma incrível revelação. De acordo com o que foi encontrado em alguns capítulos das Escrituras, parece que em 2018 será o ano em que o Messias voltará novamente para estar presente entre nós.

De repente, ele começou a contar o capítulo de Gênesis 49: 1, uma das seções do Antigo Testamento. Este versículo especificamente sobre Jacob e seus últimos momentos de vida. Como está em seu leito de morte, reúne seus filhos em torno de sua cama e diz-lhes uma incrível revelação: “Venham cá, eu vou dizer o que vai acontecer nos próximos anos …” O texto hebraico pode ser decifrada por códigos.
Cada letra hebraica pode ser interpretada com um número diferente, é o que se chama ciência da gematria. Glazerson, um verdadeiro especialista sobre o assunto, foi revelando a todos os presentes o que havia descoberto.
De acordo com a gematria que tinha aplicado neste texto bíblico, ele conseguiu encontrar o termo “vir”. Jacob foi proibido por Deus falar sobre o que aconteceria no mundo, mas revelou a chave de quando seria o momento da plena redenção dos seres humanos.

De acordo com gematria as palavras “vir” pode ser identificada pelo número 772, e corresponde ao ano de 5772; este é o calendário judaico, refere-se ao período 2011-2012. No entanto, Glazerson conseguiu revelar que, naquela época não existiam condições idóneas, tal como arrependimento e fé. Depois de várias semanas de investigação, conseguiu finalmente descobrir que 5775 é o período exacto da segunda vinda de Jesus.
Glazerson apenas comentou que este ano hebraico representa o período entre 2014 e 2015. Mais uma vez, a vinda do Messias não pôde ser executada porque este ano foi sabático.

Tudo mudou quando a descoberta do ano, deixou tudo foi bem claro; “A vinda do Messias irá ocorrer no ano de 5776. Se todas as datas que foram decifradas estiverem corretas, Jesus voltaria à Terra a 23 de Dezembro de 2018.

Glazerson novamente refere-se ao Capítulo 3:26 que a secção do Antigo Testamento, especificamente referido o versículo 49: 1. Nesta parte do livro, há várias referências à vinda do Messias, como por exemplo o termo Ben Yishai; referindo-se principalmente ao rei David. Este personagem bíblico é um antepassado de Jesus Cristo, e teve muito a ver com Deus. Ben Yishai também aparece no acima indicado Gênesis 49: 1.

Este especialista israelita fez novas ligações através de gematria, e percebeu que os caracteres hebraicos fez referências específicas a 2018. Elias o profeta, um dos mais famosos na história, falou sobre a chegada de Jesus Cristo. Glazerson sente-se bastante confiante com as suas investigações.
Fonte:semprequestione
Mais um post by: OVNI DAY


quarta-feira, 26 de julho de 2017

Ela Previu a Criação do Automóvel, a Terceira Guerra Mundial e o Contato com Extraterrestres

Neste programa, o pesquisador David Parcerisa apresenta e analisa as profecias de Madre Shipton (1488-1561), que parece ter antecipado a invenção do automóvel e o aumento de algumas aplicações como a Internet.Entre as suas previsões para o futuro próximo, o Inglês profetisa uma Terceira Guerra Mundial que irromperá no Oriente Médio e um suposto contato da humanidade com estranhos visitantes, o contato seria o prelúdio para o nascimento de uma nova forma de consciência e, em suma, de uma nova era para a humanidade.
Mais um post by: OVNI DAY

                                               Veja o Vídeo Abaixo:


                                         Fonte:RIMBEL35

NIBIRU esta Vindo:Os Governos não Dizem por Medo de Gerar Pânico, Precisa saber o que fazer

NIBIRU e sua chegada definitiva em 2017!
O ano mal começou e chegou cheio de especulações sobre o famoso Planeta  dos Índios Hopi e a estrela azul em suas profecias que segundo, está perto de se concretizar. Além claro das alegações científicas de que realmente existe um Planeta de massa gigantesca que pode estar causando alterações no sistema planetário em que nos encontramos.
Usaram 2012 como charada para o povo cair em descrença? Estaria um enorme planeta vindo em nossa direção cortando o universo e chegando lentamente em nosso sistema solar? Encontrei aqui algumas evidências agora desbloqueadas no Google Earth e trouxe para compartilhar com vocês…
Fonte
Mais um post by: OVNI DAY

                                                Veja os Vídeos Abaixo:


                                                   Fonte:Verdade Mundial


                                          Fonte:AZOTE DE LOS ILUMINATI

domingo, 23 de julho de 2017

Novas evidências reforçam hipótese do Planeta 9 "Planeta 9 está inclinando nosso Sistema Solar"

NOVO ESTUDO TORNA A DESCOBERTA DO PLANETA 9 CADA VEZ MAIS PRÓXIMA (FOTO: NASA)

Estudo realizado por astrônomos de universidade espanhola identifica perturbação onde possível planeta estaria.
hipótese do Planeta 9 vem intrigando astrônomos do mundo inteiro ao longo dos últimos anos. Com uma nova técnica, cientistas da Universidade Complutense de Madri, na Espanha, identificaram o que podem ser um novo corpo, a uma distância de 300 e 400 vezes o trajeto entre a Terra e o Sol. Até então, as teorias em torno do novo planeta se baseavam em observações, que foram questionadas com o passar do tempo.

Em estudo publicado no periódico MNRAS: Letters, os astrônomos espanhois explicam que a técnica foi desenvolvida para estudar os "objetos extremos" (ETNOs, em inglês), um tipo específico de objeto transnetuniano, ou seja, corpo do Sistema Solar que fica a uma distância maior que a entre o Sol e Netuno.

Cada um desses objetos possui dois pontos nos quais suas órbitas atravessam a de outro corpo do Sistema Solar. Nesses locais, a chance de os corpos interagirem com outros, passando por mudanças de órbita ou colisões, são maiores.

Por meio de cálculos e análises de dados, a equipe de Madri descobriu que os pontos dos 28 objetos transnetunianos extremos estão agrupados. Além disso, há uma correlação, que não deveria haver, entre as posições dos pontos e as inclinações, um dos parâmetros que define a orientação das órbitas desses objetos no espaço. "Se não há nada para perturbá-los, os pontos desses objetos transnetunianos extremos deveriam estar distribuidos de maneira uniforme, como se não houvesse nada que eles precisassem evitar", explica o astrônomo Carlos de La Fuente, no anúncio da pesquisa.

Segundo ele, se há perturbações, existem duas possibilidades: na primeira, o objeto extremo estaria estável e seus pontos estariam longe do caminho de possíveis perturbações; já na segunda, se os pontos estivessem instáveis, eles se comportariam como os cometas que interagem com Júpiter, cujos pontos ficam mais próximos da órbita do que os perturba.

"Partindo do pressuposto que os objetos transnetunianos extremos são dinamicamente parecidos com os cometas que interagem com Júpiter, interpretamos esses resultados como sinais da presença de um planeta que está interagindo ativamente com esses corpos a distâncias de 300 a 400 unidades astronômicas", disse La Fuente.

É a primeira vez que os objetos extremos são usados como pontos de referência para um estudo desse tipo. De acordo com o pesquisador, a descoberta de mais deles pode contribuir para a confirmação da existência do Planeta 9 e, no futuro, talvez até mesmo a definição da órbita dele.
Fonte
Mais um post by: OVNI DAY

                                               Veja o Vídeo Abaixo:



                                              Fonte:Jaconor 73

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Chuva de estrelas em outubro ameaça vida na Terra "Fragmentos do cometa Encke"

Astrônomos descobriram uma série de asteroides com tamanho suficiente para destruir continentes inteiros! 

A chuva de estrelas que vai ocorrer durante os meses de outubro e novembro, quando nosso planeta vai atravessar os fragmentos que se desprendem do cometa Encke, representam uma ameaça real à humanidade. 

Após analisar o fenômeno, os especialistas descobriram que o cometa pode ocultar asteroides gigantes, com tamanho suficiente para ameaçar a integridade de áreas tão grandes quanto a de um continente inteiro. Eles citaram os dois maiores: o 2015 TX24 e o 2005 UR, que possuem de 200 a 300 metros de largura. 

Porém, a chuva de estrelas das Táuridas trazem um perigo ainda maior. As pesquisas possibilitaram a descoberta de um novo ramo de asteroides que não apresentam periodicidade anual e que, por isso, poderão conter muitos objetos perigosos e ainda desconhecidos. É por isso que os cientistas fizeram um alerta às autoridades do mundo todo, para que deem continuidade aos estudos que permitirão medir o risco real que essa chuva de estrelas significaria para a saúde do planeta. 
Mais um post by: OVNI DAY

                                                Veja o Vídeo Abaixo:

terça-feira, 6 de junho de 2017

E se os Extraterrestres terroristas destruíssem a Lua o que Aconteceria com o planeta Terra?

A não ser que extraterrestres terroristas usem suas naves para chocar-se contra ela, não há nada que indique essa possibilidade. Mas, vá lá, se a Al Qaeda tiver alienígenas espalhados pelo espaço e a Lua sumir de vista, não demoraria muito para a vida terrestre acabar. A órbita de nosso planeta é o resultado de uma troca de, digamos, “puxões” gravitacionais com o satélite natural.
Sem ele, a Terra provavelmente teria sua rota desequilibrada para um trajeto mais elíptico. Esse deslocamento causaria, rapidamente, grandes mudanças climáticas e tornaria o planeta inabitável por conta de temperaturas extremas. Ao mesmo tempo, as marés, que em boa parte são fruto da atração gravitacional exercida pela Lua sobre a Terra, virariam marolinhas, arruinando ecossistemas costeiros e alterando as correntes oceânicas. Resumindo: o apocalipse.
Fonte
Mais um post by: OVNI DAY

                                            Veja o Vídeo Abaixo:



                                       Fonte:Cosmos HD