Mostrando postagens com marcador moon. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador moon. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Charlie Sheen acredita que a Lua é oca e abriga alienígenas, segundo o amigo Rob Lowe

O ator Rob Lowe, conhecido por participações recentes na série Parks and Recreation e outras comédias, vai estrelar um novo reality show chamado The Lowe Files, em que investiga mitos e mistérios sobrenaturais.

Apesar de confessar já ter conversado com um fantasma, o ator contou que as crenças de alguns de seus amigos são meio “doidas” até para ele. “Charlie Sheen acredita que a Lua é oca”, riu o ator em entrevista à Variety.

Lowe ainda disse que o pai de Sheen, o também ator Martin Sheen, divide essa crença. De acordo com a teoria da “Lua oca”, o satélite da Terra é uma espaçonave onde se escondem alienígenas ou pelo menos os restos do que foi uma civilização alienígena.
Fonte
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                               Veja o Vídeo Abaixo:


                                             Fonte:secureteam10

Denunciante que trabalhou para NASA quebra o silêncio e revela fotos com bases extraterrestres na LUA

Um antigo técnico de aviação que trabalhou para vários projetos da NASA durante a era Apollo revelou sua coleção pessoal de fotografias lunar, que ele afirma revelar a existência de bases extraterrestres na lua.

Ken Johnson coletou as imagens que os astronautas haviam tomado durante as missões Apollo depois de terem sido ordenadas pela NASA para destruí-las e, desde então, revelaram sua coleção ao público. 

Nas imagens mais recentemente lançadas, uma série de pontos brilhantes aparentemente inteligentes podem ser vistos na superfície lunar, parecido com fontes de luz artificiais. Muitos acreditam que isso seja uma prova irrefutável da existência de bases extraterrestres na lua. Isso é longe da primeira vez que formas estranhas foram vistas na superfície lunar. Nas imagens divulgadas pela NASA, o que parece estruturas e até figuras foram detectadas nos últimos anos, com a maioria simplesmente explicada como formações aleatórias na superfície lunar. Da mesma forma, um grande número de ex-funcionários do governo e da NASA vem recentemente anunciando que eles têm evidências ou, pelo menos, acreditam que os extraterrestres existem e estão interagindo com agências governamentais por algum tempo. Até agora, as evidências físicas faltam e, claro, as filmagens fotográficas ou de vídeo sempre podem ser encenadas, explicadas como fenômenos naturais ou desacreditadas, independentemente do que parece mostrar. Alegadamente, a NASA também tem medido imagens lunares há anos para aerografar qualquer prova de habitação alienígena, escondendo com sucesso a presença de ets do público por décadas e desacreditando qualquer um que afirma ter provas em contrário. As imagens lançadas pela Johnson parecem mostrar que se assemelham a estações de energia de pilhas de fumaça e a um enorme radar. Um dos problemas com essa ideia é que, além de fins de observação, a lua parece ter pouco para oferecer alienígenas. Não há benefícios aparentes de mover a indústria pesada para a lua e as estruturas de grande escala, como plantas de energia ou pratos de radar, não seriam necessárias. Além disso, o que podemos reconhecer como sendo semelhante aos projetos encontrados na Terra quase certamente não parecerá nada como desenhos alienígenas, mesmo para estruturas que executem a mesma função. Além disso, atualmente, existem milhares de imagens da superfície lunar produzidas pelo público em vez de agências governamentais a cada ano. À medida que o preço dos telescópios e tecnologia fotográfica mais avançados diminuiu ao longo dos anos, a facilidade com que o público pode ver e produzir imagens de alta definição da lua aumentou. Isso sugere que as imagens não mostram nada mais do que formas formadas naturalmente, ou que as bases alienígenas estão bem camufladas ou possivelmente até móveis, o que significa que, uma vez fotografadas, elas seriam impossíveis de encontrar novamente. Uma tecnologia extraterrena suficiente também permitiria que os alienígenas vivessem sob a superfície da lua e não nas bases identificáveis ​​a partir das imagens da superfície. 
Fonte:semprequestione
Mais um post by: OVNI DAY

                                            Veja o Vídeo Abaixo:


                                                Fonte:Mars Moon Space Tv

quinta-feira, 13 de julho de 2017

A Lua está se afastando da Terra

Adeus Lua. Todos os anos, a Lua se distancia alguns centímetros de nós, retardando o nosso dia. Porque a Lua está afastando de nós, e quanto tempo vai demorar antes que a Terra e a Lua estejam gravitacionalmente separadas?

Pode-se dizer que a Terra e Lua vieram da mesma parte da cidade. Há muito tempo, um objeto do tamanho de Marte, chamado Theia, se colidiu com a Terra e a Lua foi formada a partir dos restos dessa colisão.

Ambos corpos cresceram juntos. Contando desde o início, essa relação já dura por 4,5 bilhões de anos. Tiveram alguns bons momentos. Alguns maus momentos.

Mas agora, a nossa Lua, está se separando cada vez de nosso planeta. Eles estavam muito mais perto quando eram mais jovens e o tempo parecia voar muito mais rápido. De fato, 620 milhões de anos atrás, um dia tinha apenas 21 horas de duração. Agora, conforme a Lua já se distanciou um bocado, um dia dura aproximadamente 24 horas. Mas eles estão ficando mais longos. Hoje, a Lua já está a uma distância média de 384,400 km. É muito longe.

Se pensarmos de volta ao ponto em que o planeta era apenas uma criança, houve um momento em que um dia tinha apenas 2-3 horas de duração, e a Lua estava muito mais perto. Mas, assim como as pessoas, pedaços enormes de pedra e materiais que voam através do tempo e do espaço também podem mudar suas relações também.

Em 1969, durante as missões Apollo, os astronautas deixaram instrumentos refletores no solo lunar, e hoje a NASA os usa para medir o quando o satélite natural está se distanciando da Terra, entre outras coisas. A resposta é entre 2-4 cm por ano. Parece pouco, mas quando aplicado a milhões e milhões de anos, faz uma diferença brutal. Nossos dias têm 1/500 de segundo a mais a cada século.

A Terra e a Lua se “puxam” com a sua gravidade, causando distorções em suas formas e criando uma protuberância. A Terra tem um bojo virado para a Lua, e a Lua tem uma protuberância mais significativa em direção à Terra. Esses bojos de maré sobre a Terra criam uma força gravitacional sobre a Lua. Como nosso planeta gira mais rápido (1 vez a cada 24 horas) do que a Lua (1 vez a cada 27 dias), os bojos acabam acelerando o satélite, o fazendo se afastar.

Será que vai ter fim? Os corpos estão tão ligados que parece que vai demorar uma eternidade para haver um fim. 50 bilhões de anos a partir de agora, e 45 bilhões de anos após o Sol se tornar uma gigante vermelha e morrer em uma nebulosa. Nesse período, os dias teriam uma duração de 45 horas, e a Lua estaria completamente livre da Terra. Vale lembrar que após a morte do Sol o sistema solar deixará de existir. [UniverseToday]
Mais um post by: OVNI DAY

                                                  Veja o Vídeo Abaixo:


                                                Fonte:Fraser Cain