Mostrando postagens com marcador outubro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador outubro. Mostrar todas as postagens

domingo, 10 de setembro de 2017

O Filme Geostorm estaria retratando nosso futuro? Onde as maquinas controlariam o Clima!

Geostorm | Terra é atacada por satélites no primeiro trailer de filme com Gerard Butler
Geostorm, novo filme de Gerard Butler, ganhou seu primeiro teaser:

A trama se passa em um futuro próximo, quando o clima da terra é controlado por vários satélites. Quando as máquinas começam a atacar a Terra, a humanidade começa uma corrida contra o tempo para descobrir o que está por trás do ataque, e impedir que uma tempestade cataclísmica acabe com o planeta.O filme apocalíptico que reúne todas as possibilidades do mundo. Embora a "culpa" aqui é toda humana: um sistema experimental para o controle do clima é transformada em uma arma para destruir nações inteiras, criando tempestades catastróficas, furacões, tsunamis, clima extremo e vórtices polares.
Gerard Butler (Deuses do Egito), Abbie Cornish (RoboCop), Ed Harris (Westworld) e Andy Garcia (Passageiros) estão no elenco.
Geostorm estaria retratando nosso futuro? Onde as maquinas controlariam o tempo!
A estreia no Brasil está marcada para 19 de outubro.
Mais um post by: OVNI DAY

                                            Veja os Vídeos Abaixo:

                                        Fonte:Movieclips Trailers


                                              Fonte:New Trailer Buzz

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Chuva de estrelas em outubro ameaça vida na Terra "Fragmentos do cometa Encke"

Astrônomos descobriram uma série de asteroides com tamanho suficiente para destruir continentes inteiros! 

A chuva de estrelas que vai ocorrer durante os meses de outubro e novembro, quando nosso planeta vai atravessar os fragmentos que se desprendem do cometa Encke, representam uma ameaça real à humanidade. 

Após analisar o fenômeno, os especialistas descobriram que o cometa pode ocultar asteroides gigantes, com tamanho suficiente para ameaçar a integridade de áreas tão grandes quanto a de um continente inteiro. Eles citaram os dois maiores: o 2015 TX24 e o 2005 UR, que possuem de 200 a 300 metros de largura. 

Porém, a chuva de estrelas das Táuridas trazem um perigo ainda maior. As pesquisas possibilitaram a descoberta de um novo ramo de asteroides que não apresentam periodicidade anual e que, por isso, poderão conter muitos objetos perigosos e ainda desconhecidos. É por isso que os cientistas fizeram um alerta às autoridades do mundo todo, para que deem continuidade aos estudos que permitirão medir o risco real que essa chuva de estrelas significaria para a saúde do planeta. 
Mais um post by: OVNI DAY

                                                Veja o Vídeo Abaixo: